Dicas para prevenir o câncer

Todos os nossos órgãos são formados por células que se multiplicam o tempo todo, tomando o lugar das que morrem. O crescimento desordenado das células é que origina tumores que podem se espalhar para outros órgãos e tecidos, independentemente de onde tenham surgido. Embora existam tratamentos como a quimioterapia e radioterapia, a Sociedade Brasileira de Oncologia afirma que 60% dos diferentes tipos de câncer poderiam ser evitados pela mudança de hábitos de vida, especialmente na alimentação. Tudo o que você come e como vive pode, sim, influenciar nas chances de desenvolver um tumor, de sofrer com ele e de conseguir afastá-lo. Algumas frutas e legumes são verdadeiros soldados nessa luta contra o tumor, e segue aqui algumas dicas importantes de armas e estratégias que podem auxiliar no combate a esta triste doença.

  • - Elimine a barriguinha : a gordura abdominal é um gatilho para diversas doenças, incluindo o aumento da incidência de câncer de intestino. Portanto, perder a barriguinha que insiste em incomodar é mais importante para a saúde do que para a autoimagem. Exercícios aeróbicos como caminhar com energia, correr, pedalar ou nadar entram na lista de atividades contra a cinturinha de ovo.
  • - Corte a gordura do prato : uma reforma na saúde da família é tarefa para todos. O cardápio ideal para os adolescentes é hambúrguer, batata frita e muito chocolate, porém, esta comilança desregulada na puberdade pode comprometer a saúde anos depois, mesmo que não se tornem adultos obesos. Na puberdade, o desenvolvimento e divisão celular estão a mil, e os processos inflamatórios podem se tornar um problema para a vida toda.
  • - Coma maçã todos os dias : existe um ditado americano que diz “uma maçã por dia mantém o médico longe”, exageros à parte e a sabedoria popular ganhou aval científico em relação ao câncer de intestino.  Segundo pesquisas e estudos, a fruta não só previne mas também combate a doença, por conta dos compostos fenólicos (grupo de antioxidantes) existentes em abundância na maçã, que neutralizam os radicais livres, raiz do problema em doenças como câncer.
  • - Coma mais repolho e cenoura : o repolho e a cenoura são grandes aliados contra o câncer de pulmão e  podem diminuir o risco do mesmo em  até 70% das pessoas; pois o repolho é rico em isotiocianatos  e a cenoura contém alto teor de betacaroteno, ambos protetores naturais contra o câncer de pulmão.
  • - Confie nos vegetais : grande aliado contra o câncer de mama é uma alimentação rica em vegetais como brócolis pela grande concentração de sulfonana, um fitobioquimico que suprime a produção das proteínas responsáveis pela sobrevivência das células cancerígenas da mama e do cólon.  Também importantes na prevenção do câncer de mama é a soja, por conter isoflavonas, que agem como o hormônio feminino estrogênio , porém sem seus efeitos cancerígenos.
  • - Olhe-se no espelho: é um método preventivo para descobrir logo manchas que podem ser prejudiciais e vir a se tornar um câncer de pele. Preste atenção nos seguintes detalhes : mudanças nas pintas da pele (forma, cor e tamanho); ferida que coça, sangra ou que não cicatriza; caroços brilhosos, claros ou que coçam; caroços avermelhados que sangram ou formam uma crosta; mancha avermelhada ressecada, áspera como uma crosta.
  • - Amamente seu filho : o aleitamento materno é uma prevenção para a mulher, que fica mais protegida de câncer de útero e de ovário. Agentes carcinogênicos são eliminados no processo de grande produção de glândulas mamárias.
  • - Caminhe: caminhar, assim como todos os exercícios físicos que aceleram o ritmo cardíaco, ajudam por terem impacto sobre os níveis hormonais, a evitar o câncer de mama, de cólon e de próstata.
  • - Atenção ao estômago: preste atenção nos incômodos do estômago, pois o câncer estomacal pode surgir apenas com uma pequena dor e levar a morte. Uma dieta balanceada à base de vegetais crus, frutas cítricas e alimentos ricos em fibras desde a infância são antídoto para este tipo de tumor.
  • - Cuide com o que você pensa : não há sistema de defesa que resista, por exemplo, ao ódio e ao rancor, pois estes dois sentimentos são estímulos para que hormônios como o cortisol e a adrenalina sejam lançados na corrente sanguinea e realizem sua obra nefasta. Em excesso estes hormônios podem desencadear efeitos negativos sobre o organismo, reduzindo a síntese de colágeno e inibindo a construção de novas estruturas ósseas. Portanto, pratique bons pensamentos e não guardar mágoas e nem rancor de ninguém.

 

Fonte : Revista Vida e Saúde (Julho/2011)